Páginas

domingo, 27 de março de 2011

Como são os meios de comunicação no amado Brasil

Como são os meios de comunicação no amado Brasil
Estes 2 vídeos mostram com clareza como é os meios comunicação Brasileiros.

Desligue a sua TV! Máquina de fazer idiotas!

Desligue a sua TV! Máquina de fazer idiotas! 

Não prescisa dizer mais nada...

Alienação da TV...

Coleção e colecionadores de Vinil

Vídeos sobre colecionadores de Vinil


Contrato Social Debian

  Contrato Social Debian

Versão 1.1 ratificada em 26 de Abril de 2004. Substitui a Versão 1.0 ratificada em 5 de Julho de 1997.
O Projeto Debian, produtor do sistema Debian GNU/Linux, criou o Contrato Social Debian. A Definição Debian de Software Livre (DFSG), uma parte do contrato, inicialmente designada como um conjunto de compromissos públicos que nós concordamos em respeitar, foi adotada pela comunidade de software livre como a base para a Definição Open Source.

Contrato Social perante a Comunidade de Software Livre

  1. O Debian permanecerá 100% livre Nós disponibilizamos as definições que usamos para determinar se um software é livre no documento intitulado A Definição Debian de Software Livre (DFSG). Nós prometemos que o sistema Debian e todos seus componentes serão livres de acordo com essas definições. Nós iremos fornecer suporte às pessoas que desenvolvem ou usam software livre e não-livre no Debian. Nós nunca faremos o sistema depender de um componente não-livre.
  2. Nós iremos retribuir à comunidade software livre Quando escrevermos novos componentes do sistema Debian, nós o licenciaremos de um modo consistente com a Definição Debian de Software Livre. Iremos fazer o melhor sistema que pudermos, de modo que o software livre seja amplamente distribuído e utilizado. Iremos fornecer aos autores originais (upstream) dos componentes usados em nosso sistema, as correções de bugs, aperfeiçoamentos, solicitações de usuários, etc.
  3. Nós não esconderemos problemas Iremos manter nosso banco de dados de relatório de bugs aberto para a visualização pública todo o tempo. Os relatórios que as pessoas preenchem online ficarão visíveis imediatamente para todos as outras pessoas.
  4. Nossas prioridades são nossos usuários e o software livre Nos guiaremos pelas necessidades de nossos usuários e da comunidade software livre. Colocaremos seus interesses em primeiro lugar nas nossas prioridades. Nós iremos fornecer suporte às necessidades de nossos usuários para que o sistema funcione em diversos tipos de ambientes computacionais. Não faremos objeção a softwares não-livres que têm como objetivo rodar em sistemas Debian, nem tentaremos cobrar taxa alguma às pessoas que criarem ou utilizarem estes softwares. Permitiremos que outras pessoas criem distribuições contendo o sistema Debian e outros softwares, sem cobrar taxa alguma. Como forma de amparar estes objetivos, nós disponibilizaremos um sistema integrado, com materiais de alta qualidade, e sem restrições legais que possam impedir tais usos do mesmo.
  5. Programas que não atendem nossos padrões de software livre Nós reconhecemos que alguns de nossos usuários precisam usar softwares que não atendem à Definição Debian de Software Livre. Criamos as áreas contrib e non-free em nossos repositórios para estes softwares. Os pacotes contidos nessas áreas não são parte do sistema Debian, embora tenham sido configurados para rodar no Debian. Nós incentivamos os fornecedores de CDs a ler as licenças dos pacotes armazenados nessas áreas, a fim de determinar se podem distribuí-los em seus CDs. Assim, embora softwares não-livres não sejam considerados parte do Debian, nós oferecemos suporte à sua utilização e disponibilizamos infra-estrutura para pacotes não-livres (como nosso sistema de controle de bugs e listas de discussão).

A Definição Debian de Software Livre (DFSG)

  1. Redistribuição livre
    A licença de um componente Debian não pode restringir nenhuma parte interessada em vendê-lo, ou distribuir o software como parte de uma distribuição agregada de software contendo programas de diversas fontes diferentes. A licença não pode exigir um royalty ou outra taxa por esta venda.
  2. Código Fonte
    O programa deve incluir código fonte e deve permitir a distribuição em código fonte, bem como em formato compilado.
  3. Trabalhos Derivados
    A licença deve permitir modificações e trabalhos derivados, e deve permitir que estes sejam distribuídos sob a mesma licença que o trabalho original.
  4. Integridade do Código Fonte do Autor
    A licença pode restringir o código fonte de ser distribuído de forma modificada _somente_ se a licença permitir a distribuição de patch files com o código fonte, com o propósito de modificar o programa em tempo de compilação. A licença deve permitir explicitamente a distribuição de software compilado a partir do código fonte modificado. A licença pode exigir que trabalhos derivados tenham um nome ou número de versão diferente do software original (este é um meio-termo; o grupo Debian encoraja todos os autores a não restringir nenhum arquivo, fonte ou binário, de ser modificado).
  5. Não à discriminação contra pessoas ou grupos.
    A licença não pode discriminar nenhuma pessoa ou grupo de pessoas.
  6. Não à discriminação contra Fins de Utilização
    A licença não pode restringir ninguém de fazer uso do programa para um fim específico. Por exemplo, ela não pode restringir o programa de ser usado no comércio, ou de ser usado para pesquisa genética.
  7. Distribuição de Licença
    Os direitos atribuídos ao programa devem aplicar-se a todos aqueles para quem o programa é redistribuído, sem a necessidade de execução de uma licença adicional por aquelas pessoas.
  8. A Licença não pode ser específica para o Debian
    Os direitos atribuídos ao programa não podem depender do programa ser parte de um sistema Debian. Se o programa for extraído do Debian e usado ou distribuído sem o Debian, dentro dos termos da licença do programa, os mesmos direitos garantidos em conjunto ao sistema Debian deverão ser garantidos àqueles que o utilizam.
  9. A Licença não deve contaminar outros softwares.
    A licença não poderá colocar restrições em outro software que é distribuído juntamente com o software licenciado. Por exemplo, a licença não pode insistir que todos os outros programas distribuídos na mesma mídia sejam software livre.
  10. Licenças Exemplo
    As licenças GPL, BSD e Artistic são exemplos de licenças que consideramos livres.
O conceito de declarar nosso contrato social para a comunidade de software livre foi sugerido por Ean Schuessler. O rascunho deste documento foi escrito por Bruce Perens, refinado por outros desenvolvedores Debian durante uma conferência via e-mail que durou um mês em Junho de 1997, e então aceita como uma política pública do Projeto Debian.
Mais tarde, Bruce Perens removeu as referências específicas do Debian da Definição Debian de Software Livre para criar a Definição de Código Aberto.
Outras organizações podem fazer derivações deste documento. Por favor, dê o crédito ao Projeto Debian se você fizer isso.

Contrato copiado daqui:

http://www.debian.org/social_contract

Como fazer compras e navegar com segurança na Web

Se possível procure usar um sistema Linux que não dê brechas, como por exemplo, Debian Ubuntu ou Mandriva.





Procure usar o navegador Firefox e configure seu navegador assim:
Click em preferências e na aba privacidade escolha configurações personalizadas, em "preservar cookies até" selecione Sair do Firefox.

Firefox
Faça download clicando na imagem


Se possível nunca "feche" o navegador usando o X, procure sempre usar o "SAIR"
Se por acaso seu sistema ou navegador "TRAVAR" e não tiver outra alternativa, procure primeiro desligar seu modem ou roteador.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Instalando placa de Captura Encore Encore ENLTV-FM no Debian

Instalar placas de captura saa7134



Vamos explicar como fazer de uma forma simples e passo a passo para eliminar de vez com esse problema
toda esta explicação funciona em kerneis 2.6.X (testado no debian)

Resolvendo problemas:
Quando não conseguimos instalar a captura, aceitamos toda a ajuda possível e é comum os termos:
inclua no arquivo
crie o arquivo com

e isso pode comprometer a instalação de acordo com o que tenha sido feito
somente uma referencia ao modulo é suficiente para inicializa-lo corretamente

digite num terminal:
grep -Rs saa7134 /etc/modprobe.d/
grep -Rs saa7134 /etc/rc?.d/  -- no Debian
grep -Rs saa7134  /etc/rc.d/rc?.d/  -- no Mandriva, Fedora
grep -Rs saa7134  /etc/init.d/*.d/  -- no OpenSuse
grep saa7134 /etc/modules

isto vai mostrar qualquer arquivo que tenha referencias ao modulo saa7134
se o arquivo tiver outras referencias além das referencias ao modulo saa7134, apenas apague as linhas ou comente-as
se o arquivo não tiver mais nada além das referencias ao modulo saa7134, apague o arquivo
no arquivo /etc/modules, existem os módulos que serão inicializados no boot

este passo elimina futuros problemas ('não consigo instalar')


Testando o subsystem:
A placa 'Encore ENLTV-FM (for old kernel)', tem o seguinte subsystem:
1a7f:2008 1131:2004

para conhecer o subsystem de sua placa digite no terminal:
$ dmesg | grep saa | grep subsystem

se o subsystem de sua placa não estiver contido na lista acima, é quase certo que sua placa não ira funcionar

conselho - procure pela card correta. Achar a captura pelo subsystem
se quiser continuar, esteja a vontade.

Arquivo de opções para placa [Encore ENLTV-FM (for old kernel)]:
Vamos criar este primeiro arquivo que são as opções que serão utilizadas quando inicializar o modulo saa7134,
este é o principal arquivo de configurações da placa de captura, em raras exceções ele não será usado

/etc/modprobe.d/captura.conf
# saa7134 módulos
# quando inicializar o modulo saa7134 usa estas opções
# escrito por Mstr <http://mstr.ueuo.com> (GLP)
# adaptado por (seu nome)

# isto também pode ser usado para setar varias placas de captura
alias char-major-81 videodev
options i2c-algo-bit bit_test=1
alias char-major-81-0 saa7134
alias char-major-81-1 off
alias char-major-81-2 off
alias char-major-81-3 off

options saa7134 card=3 tuner=39

# ainda pode ser incluído na linha acima (só inclua se desejar alterar o valor default)
# video_nr=0/1/2/3, default é 0 (/dev/video0)
# vbi_nr=0/1/2/3, default é 0 (/dev/vbi0)
# radio_nr=0/1/2/3, default é 0 (/dev/radio0)
# oss=0/1, default é 1 (sim)
# alsa=0/1, default é 1 (sim)
# gbuffers=4-64, default é 8
# vbibufs=4-64, default é 8
# tsbufs=4-64, default é 8
# i2c-scan=0/1, default é 0
# outra informações podem ser obtidas em 'modinfo saa7134'

não coloque as opções da placa de captura no arquivo /etc/modules, pois este arquivo é o primeiro a ser lido
para não ter problemas com a captura e a webcam, coloque as opções da webcam no arquivo /etc/modules e
crie o arquivo citado acima para a placa de captura. Desta forma a webcam sera setada no /dev/video0 e a
placa de captura no /dev/video1 (e para não deixar duvidas inclua na linha de opções video_nr=1 isto vai setar
a placa de captura em /dev/video1)

e para assistir TV chame o tvtime desta maneira
tvtime -d /dev/videoX
videoX -> essa resposta esta em 'dmesg | grep saa'

Obs.: se o tvtime abrir e fechar rapidamente, verifique se sua placa de video esta instalada corretamente

permissões do arquivo digite num terminal como root
chown root:root /etc/modprobe.d/captura.conf
chmod 644 /etc/modprobe.d/captura.conf

você pode também forçar reconhecimento incluindo na linha options saa7134 o argumento i2c_scan=1
algumas placas de captura com apenas 'options saa7134 i2c_scan=1', já são reconhecidas e ativadas

Problemas com o tuner 71:
Parece que a partir do kernel 2.6.26, o modulo xc3028-tuner (tuner=71) já existe no kernel.
mas se o 'dmesg | grep saa713' reclamar a falta ou der erro no tuner 71, instale o firmware da seguinte forma:
# crie o diretório e entre nele
mkdir /usr/src/xc3028
cd /usr/src/xc3028

# fazer donwload do modulo do windows e descompactar o arquivo hcw85bda.sys
wget http://www.steventoth.net/linux/xc5000/HVR-12x0-14x0-17x0_1_25_25271_WHQL.zip
unzip -j HVR-12x0-14x0-17x0_1_25_25271_WHQL.zip Driver85/hcw85bda.sys

# fazer download do extrator e descompactar (arquivo que consta no kernel source)
wget http://geocities.yahoo.com.br/tin_br/scripts/xc3028.zip
unzip -j xc3028.zip xc3028/extract_xc3028.pl

# rodar o script extrator
perl extract_xc3028.pl

# copiar o arquivo gerado para o local certo
cp -f xc3028-v27.fw /lib/firmware/
cp -f xc3028-v27.fw /lib/firmware/`uname -r`/

# deletar o diretório criado
rm -rf /usr/src/xc3028
devemos reiniciar para setar o modulo

Permissões:
Para evitar aquele problema 'só consigo assistir TV como root', temos que dar as devidas permissões
abra o arquivo '/etc/group' e inclua seu user nos grupos audio, video, camera
ou digite num terminal:
adduser $USER grupo
adduser $USER video
adduser $USER audio

para incluir seu user ao grupo

com isso não terá mais problemas com permissões e evitara o uso do 'chmod 777 /dev/video' e etc, que sempre representa um perigo


Verificando:
Execute no terminal para ver como foi reconhecida a placa de captura,
reinicie para carregar os módulos automaticamente e verifique se tudo esta correto
dmesg | grep saa713
dmesg | grep tuner

verificando como foi reconhecida minha LTT-200
$ dmesg | grep saa713
saa7130/34: v4l2 driver version 0.2.14 loaded
saa7133[0]: found at 0000:00:0a.0, rev: 208, irq: 185, latency: 32, mmio: 0xee000000
saa7133[0]: subsystem: 1131:0000, board: ASUSTeK P7131 Dual [card=78,insmod option]
saa7133[0]: board init: gpio is 40
saa7133[0]: Huh, no eeprom present (err=-5)?
tuner 0-004b: chip found @ 0x96 (saa7133[0])
saa7133[0]: registered device video1 [v4l2]
saa7133[0]: registered device vbi0
saa7133[0]: registered device radio1
saa7134 ALSA driver for DMA sound loaded
saa7133[0]/alsa: saa7133[0] at 0xee000000 irq 185 registered as card -1

$ dmesg | grep tuner
tuner 0-004b: chip found @ 0x96 (saa7133[0])
tuner 0-004b: setting tuner address to 61
tuner 0-004b: tuner: type set to tda8290+75

instalada e reconhecida ...

verificando no 'dmesg | grep saa' como estão registrados os devices:
se o device vídeo estiver registrado como video1
para assistir TV no tvtime será preciso seta-lo para ler o /dev/video1 dessa forma:
tvtime -d /dev/video1

o vbi, é alguma coisa para sintonia da TV

se o device radio estiver registrado como radio1
para ouvir radio com kradio ou gradio, sete na configuração do programa /dev/radio1

obs.: se tiver outros números sete o numero que estiver marcado

outros programas verificar como carregar o device, 'programa --help' num terminal ajuda bastante

Ainda continua sem som:
Ligar aquele fiozinho
Algumas placas tem um fio que tem que ser ligado no line-in da placa de som
verifique se você executou esse procedimento

Verificar os volumes
Abra o mixer (aquele ícone em forma de auto-falante) ou o alsamixer
e verifique se o volume não esta zerado e esta habilitado (luz verde acesa)
inclusive 'line in' e ou 'auxiliar'. E principalmente o line que é o som da captura.

em geral é criado um outro mixer interno com o nome de bttv,cx88,cx23885,saa7134 ou em28xx
verifique se o volume não esta zerado e se esta habilitado (luz verde acesa)

Problemas com imagem
Como qualquer aparelho de TV sua placa de captura precisa de uma antena
quanto melhor for a antena melhor será o sinal que vai receber e melhor será a imagem que ira mostrar

Ativar o som via sox (dica do Tota)
Se por algum motivo o modulo alsa não conseguir ativar o mixer
podemos criar um pipe da placa de captura para a placa de som, através do sox
instalar o sox: verifique no synaptic se está instalado ou execute no terminal 'apt-get install sox'

crie um script na sua home $HOME/assistir-tv com o seguinte conteúdo:
#!/bin/sh
# arquivo para configurar o sistema PAL-M no Brasil
# escrito por tota (GLP)
# adaptado por (seu nome)
#
# Ligar o som
# tvtime | arecord -D hw:1,0 -r 48000 -c 2 -f S16_LE | aplay -
sox -c 2 -s -w -r 44100 -t ossdsp /dev/dsp1 -t ossdsp -w -r 48000 /dev/dsp &
# (Mstr) testando, percebi que o sox funciona melhor sem o audiorate dessa maneira
# deixo a criterio de cada um testar o que é melhor
# sox -c 2 -s -w -t ossdsp /dev/dsp1 -t ossdsp -w /dev/dsp &
tvtime --mixer=/dev/mixer:pcm
wait tvtime
t=`pidof sox`;
kill $t;
amixer -c 0 sset PCM 80%,80% unmute
# sair
exit

e de permissões de execução no arquivo digite num terminal como root
chmod 755 $HOME/assistir-tv
crie um atalho na sua área de trabalho e chame o tvtime por aqui para assistir TV

Se você recebe uma mensagem de erro tipo não encontrei o dispositivo /dev/dsp1
verifique os /dev/dspX que existem com o comando 'ls /dev/dsp*' num terminal
e altere paras /dev/dspX existente, se existirem vários teste os outros

Os números 44100 e 48000 também conhecido como audiorate, a qualidade do CD é 44100
valores muito baixos podem deixar um som de "pato"
funcionam tanto no sox como na dupla arecord/aplay
o ideal e usar o sox, por não apresentar delay

não esqueça de chamar o tvtime usando este script

se o vídeo estiver registrado como video1 então faça uma alteração no script para que seja setado em /dev/video1,
na linha:
tvtime --mixer=/dev/mixer:pcm

altere-a para:
tvtime -d /dev/video1 --mixer=/dev/mixer:pcm

Não funcionou mais alguma sugestão:
Se você esta enquadrado neste caso:
com certeza você fez toda a configuração de uma forma leviana
não leu com atenção para entender
não entendeu o que estava fazendo

Placas de captura não são difíceis de configurar
como tudo na vida, tem um pequeno macete que deve ser observado e memorizado
para que em outra vez que precisar, não caia no mesmo problema

Este é um roteiro de como proceder e onde prestar atenção para instalar placas de captura
e não um manual especifico para sua placa de captura

Fiz o procedimento e minha placa funcionou corretamente!

Informações retiradas deste site:

http://mstr.ueuo.com/saa/instalar.php?id=saa7134&c=3&i=c

sexta-feira, 11 de março de 2011

Baixando vídeos do Youtube ou outro qualquer com Debian Linux

Baixando vídeos do Youtube ou outro qualquer com Debian Linux

Você pode no linux usar o comando:
wget -O vid http://www.youtube.com/watch?v=lqnVCIzyVEU

E vai baixar em tua pasta home

Mas o mais fácil mesmo é após visualizar o vídeo sem "matar" o navegador vá até tua pasta home
Procure em arquivos ocultos a pasta mozilla/firefox e cache.
Lá estará teu vídeo, é só copiar para a pasta que você achar melhor.

Logo em uma outra postagem, vou descrever como converter editar e gravar.

Boa diversão

sábado, 5 de março de 2011

Disco de 78 RPM - Época que se dançava

78Disco de 78 RPM
Época que se dançava, sim nesta época as pessoas saiam para dançar, e se divertir.

Também uma época em que as pessoas se presenteavam com discos.

Saudoso 78 RPM
Vejam :





















    






















Vídeo ilustrando:

sexta-feira, 4 de março de 2011

Mushy17 O Vinil Voltou - Prepare-se!!! Escolha sua Vitrola

Um modesto vídeo deste aparelho:


 



Já há alguns anos, compro, vendo e coleciono alguns títulos em vinil 33, 45 e 78 rpm. 
 

Nasci na época do vinil, vai aqui algumas pequenas dicas facéis de como conservar, e assim, prolongar a vida e valorizar seu vinil. Capa: Em hipótese alguma escreva ou rabisque, muito menos coloque fita durex ou etiqueta adesiva. 

 
 




Capa, além de conter belos trabalhos de designer gráfico, contam histórias sobre o artista e o tempo em que êle viveu. Só vale mesmo autógrafo do autor ... Mantenha sempre dentro do saco plástico adequado.
Isso evita rasgos e amassados.





 




Vinil: Nunca rabisque o selo do vinil. Lave periódicamente o seu vinil assim: Detergente de cozinha(neutro de preferência) e esponja macia. Passe suavemente a esponja e logo em seguida água, bastante água para retirar o sabão. E deixe em pé no escorredor de louça. 





  








Jamais coloque no sol ! O calor empena o vinil para sempre ! Cuidado na hora de colocar o disco para tocar, evitando assim riscos indesejáveis. Agulhas devem ser trocadas de tempos em tempos. Quanto mais o tempo passar maior valor terá o seu vinil. Existe vinil bem antigo e em perfeitas condições, verdadeiras jóias raras que a gente encontra uma vez só. É isso aí ! Boas Compras e sempre analise todas as informações que cada vendedor publica. 
Na dúvida, pergunte !

Este guia foi publica por mim no Mercado Livre, veja o link:
http://guia.mercadolivre.com.br/vinil-voltou-prepare-67320-VGP

Visite nosso acervo de mais de 3000 discos

http://lista.mercadolivre.com.br/musica/_CustId_82630794

Sigam nosso trabalho:

http://perfil.mercadolivre.com.br/MUSHY17



E boas Compras!